#55 - The Power of One!





O mundo vê o seu fim se aproximando, em toda a parte, o clima enlouqueceu, tempestades de neve nos mais quentes desertos, chuvas, inundações, terramotos, vulcões, tornados, as últimas horas têm sido caóticas. A causa é a criação de uma quimera com os corpos de Articuno, Zapdos e Moltres, o ecossistema que eles protegiam está agora se desintegrando, em Shamouti Island, os nossos heróis presenciam o acordar de Lugia, conhecido como deus da lua, guardião dos mares mas principalmente por ser o criador das três aves miragem, que tentou parar a besta chamada de ZapMolCuno por Sird que não importa com as vidas de ninguém. Ao atacar Katie, alguém se coloca na sua frente, uma corajosa mestra que dá a sua vida para salvar a daquela garota em eminente destruição.

— P-professora Ivy... — Katie vê a mulher cair ao seu lado, com um corte profundo em suas costas.

— Ivy!!!! — Danny solta um grito e corre para junto de sua amada.

— Hmm que final emocionante, me sinto realizada — Sird se deliciava com suas ações, vendo o sangue da professora cobrir o manto branco.

— Sua cachorra, eu vou acabar com sua vida! — Danny aparenta estar possuído, ele usa os seus truques para controlar o gelo, provocando uma avalanche que atinge e arrasta Sird pela colina abaixo, em seguida ele se ajoelha junto da ex noiva — Ivy...

— Da-Danny... — Ivy tentava falar com alguma dificuldade, o seu olhar estava distante, mas ainda se sentia um pouco da sua energia espiritual.

— Poupe suas forças meu amor, você vai ficar bem.

— Você dizia que eu não devia mentir aos meus alunos, mas está fazendo isso comigo agora — a voz da mulher estava fraca, mas ela esboçava um sorriso — por favor, me prometa que cuida das crianças, é tudo o que eu lhe peço.

— Não me faça isso, você ainda pode cuidar deles, você é forte — Danny não conseguia conter as lágrimas que desciam pelo seu rosto.

— Lembra-se de como nos conhecemos? Eu sempre lhe disse que queria uma família grande.

— Eu chamei você de louca por desejar tantas crianças.

— Eu fui feliz sabe? Ao seu lado e com todas aquelas crianças da Butterfly Nest, fui muito feliz, cuide deles... por favor...

— Eu prometo, não deixarei eles sozinhos de novo, me perdoe por deixar a família.

— Eu nunca fiquei zangada — Ivy sorriu — eu o amo...

— Eu também a amo Ivy... Ivy?

A mestra da Butterfree Nest abandonava o mundo com um sorriso no rosto, deixando Danny e Katie sem reação, o rapaz fecha os olhos de sua amada e se levanta, olhando para a quimera que continuava combatendo Lugia nas alturas.

Squirtle Shell, Orange Crew e Tracey se reúnem no topo de uma montanha para observar o combate entre as aves majestosas. Danny conta a todos o que aconteceu com a professora e Tracey se ajoelha no chão com as lágrimas escorrendo pelo rosto.

— Não é altura para chorar, temos um grande problema entre mãos — comentou Gary sem mostrar qualquer pena.

— Gary, isso foi insensível,  sofremos uma grande perda — repreendeu Oak.

— Hump, perderemos muito mais se não derrotarmos a quimera.

— O que aconteceu com você Gary, virou idiota? — Ash aperta a camisa do companheiro — por onde você andou este tempo todo? O que lhe aconteceu? Que atitude é essa?

— Me solte falhado — Gary esmurra o abdómen de Ash.

Ash responde com um soco no rosto do companheiro e os dois trocam murros um atrás do outro, Katie e Yellow imploravam para eles pararem, mas sem resultado, os dois rebolavam no manto branco se esmurrando, até que Oak se coloca na sua frente e usa sua pressão para os projetar para trás.

— Não é altura para combaterem — disse Oak irritado com os dois.

Neste momento, Lugia caia no gelo, quebrando-o e afundando, com ZapMolCuno desferindo outro golpe nele e congelando de volta a zona partida.

— Lugia caiu — constatou Drake — temos de combater gente, pela salvação não só do arquipélago, mas sim de todo o mundo.

— Vamos! — Os membros da Orange Crew falaram em coro e todos avançam contra a quimera, libertando toda a sua energia para o atacar, mas em vão.

Drake tenta desferir um golpe com sua espada, mas a quimera usa um triplo Peck para a quebrar e atingir o corpo de Drake que cai ferido no chão, Cissy tenta atacar com suas chuvas acidas, no entanto a ave não sofre quaisquer dano e bate suas asas, empurrando Cissy, Danny, Rudy e Luana contra as rochas.

— Flamethrower! — Gary cospe um turbilhão de chamas contra a quimera, a cabeça de Moltres responde com a sua versão do Flamethrower, fazendo os dois golpes explodirem ao contacto.

— Thunderbolt! — Ash salta por cima da ave e tenta desferir seu golpe eléctrico, mas a cabeça de Zapdos produz a sua versão do mesmo ataque, derrubando o garoto do boné vermelho que cai em cima do gelo.

— Ice Beam! — Agora é Katie que tenta sua sorte com o seu golpe de gelo, mas acontece o mesmo, com a cabeça de Articuno respondendo á altura.

— Aura Sphere! — Oak tentou atacar, mas a besta usou seu Tri-Attack que não só destruiu o golpe de Oak como o fez saltar em defesa de sua neta e Tracey que iam ser atingidos, como resultado, o velho mestre fica paralisado.

— Assim não vamos lá, precisamos de atacar todos juntos com tudo o que temos — disse Ash.

— Quem nomeou você líder? — Opôs-se Gary.

— Não comecem de novo, temos problemas maiores que as vossas discussões infantis — comentou Katie mostrando desagrado pela atitude dos companheiros.

— Vamos dar tudo o que temos... Thunderbolt!

— Flamethrower!

— Ice Beam!

Os três golpes formam um uni-raio que choca com o Tri-Attack da quimera, provocando uma imensa explosão, Yellow que estava na beira de uma rocha cai em uma zona de gelo frágil, caindo dentro de água. A garota se debatia para tentar encontrar uma saída, mas seu oxigénio começava a faltar, ela batia no gelo, mas os seus companheiros estavam demasiado concentrados na batalha que nem deram por ela cair. Yellow sente sua vida chegando ao fim, mas é ai que um redemoinho a leva para a superfície, Lugia regressa para batalhar e encara a pequena mística.

— Seus companheiros não vão conseguir derrotá-lo, mas se você se unir a mim, conseguirá — disse Lugia com sua voz melodiosa que acalmava Yellow.

— A pi? Mas a pi não sabe lutar como os amigos.

— Confie em mim.

— A pi confia.

O corpo de Lugia começa a brilhar com grande intensidade, passando um pouco desse brilho para Yellow, duas grandes asas brancas surgem nas costas da pequena mística, assim como um vestido azul celestial, da mesmo cor que surgia nos seus olhos, Yellow levanta voo a grande velocidade e acerta em cheio no peito da quimera a projetando para trás.

— Aquela é... — Katie fica impressionada com que seus olhos veem.

— Yellow! — Confirmou Ash.

Nos céus, a pequena Yellow tenta comunicar com ZapMolCuno.

— A pi sabe que vocês estão assustados, a pi está sentindo o vosso espírito, por favor, lutem contra esse mal que vos deixa nesse estado.

Mas em vão, a ave ataca Yellow com triple Peck, tentando a derrubar, mas o peito da garotinha imite uma luz intensa que faz a quimera se afastar.

— Yellow, isso é perigoso! — Gritou Ash.

— Deixem ela — pediu Lugia.

— Você? — Gary olha aquela presença majestosa.

— Ela está fazendo o que eu não consegui, ela sente o mesmo que eu em relação aos meus filhos, ela saberá melhor que eu lidar com eles.

E Yellow começa a cantar uma melodia harmoniosa e o seu corpo é iluminado por uma aura pura que começa a acalmar a quimera. Os espíritos de Ash, Gary e Katie começam a se fazer notar, criando um elo com Yellow.

— Piiiikaaaachuuuuu!!!!!! — A garota usa uma investida na quimera criando uma enorme explosão nos céus.

Articuno, Zapdos e Moltres surgem separados esvoaçando sobre a ilha, no centro da explosão, Yellow absorve a Burst Stone e as nuvens negras desaparecem, o clima volta o seu estado natural em todas as regiões, fazendo os habitantes do mundo se sentirem salvos.

— Terminou — disse Lugia, suspirando de alivio antes de levantar voo e com seus filhos sobrevoar Shamouti Island — obrigado crianças, vocês salvaram o mundo.

Blaine aparece junto de Oak.

— A policia não tardará a chegar — disse Oak.

— Não me vai entregar?

— Você faz mais falta cá fora, onde nos pode ajudar a desmantelar esta organização, conseguimos aqui uma vitória, mas sabemos que a Team Rocket não são apenas estes.

— E como pode ter certeza que não o voltarei a trair?

— Bom, eu não tenho a certeza, mas gosto de confiar — respondeu Oak sorrindo. Blaine partiu.

A policia logo chegou e levou os Rockets com eles, incluindo os comandantes Orm e Carr, nenhum sinal de Sird foi descoberto, teria ela sido destruída no combate? Teria escapado? Ninguém soube de nada.

E assim se passaram dois dias, a comemoração da vitória não durou muito, pois logo os nossos heróis tiveram de dizer adeus á professora Ivy, o céu chorava a perda, assim como todos aqueles que testemunharam a bravura da guerreira, Squirtle Shell, Butterfree Nest, Orange Crew e vários conhecidos de Ivy deixavam uma rosa junto de seu túmulo, Gary não parecia muito interessado, ele estava encostado a uma árvore quando o seu avô o abordou.

— Que aconteceu com você? Ash me contou que você não treinou com eles, por onde andou?

— Estou aqui, não estou? É isso que importa.

— Quanta arrogância, não esperava que me escondesse coisas.

— Posso dizer o mesmo, avô.

— É justo, eu deveria ter contado sobre as aves e vocês, mas eu não o conhecia por rancoroso desse jeito.

— Talvez você não me conheça de todo — Gary vira costas deixando Oak sozinho.

Enquanto isso, Tracey é abordado por Drake.

— O que você está pensando em fazer doravante? — Perguntou o líder da Orange Crew com um braço ao peito.

— Eu ainda não sei, mas quero continuar o projeto da professora Ivy — respondeu.

— Danny esteve me contando a promessa que fez a Ivy, e eu e toda a Crew estamos dispostos a aceitar você e as tripletes na nossa guilda.

— Agradeço a proposta, mas eu já aceitei ir para Pallet, ficar na Squirtle Shell, assim como elas.

— Eu entendo, afinal você já tem planos.

Os dois apertam a mão e Drake se afasta, encarando Danny mais á frente.

— Eu disse que ele não aceitaria — comentou Danny.

— Mas eu falei a verdade quando disse que a Orange Crew iria aceitar quaisquer membro doravante, iremos honrar a memória de Ivy, mas você tem de garantir que vai ser bem duro com os novatos.

— Nem eu aceitaria de outra forma.

E assim os nossos heróis retornam a Pallet Town de avião, juntamente com mais quatro novos membros, com as lendárias aves acompanhando a viagem, os nossos heróis decidiram não pedir ajuda ás aves no combate contra Yuuto, pois estes estavam esgotados e precisariam de pelo menos dois anos de repouso para recuperar as energias. Chegando a Pallet, o grupo é recebido por Brock, apresentações feitas, todos entram para descansar da longa viajem.
No entanto, algures na região, em um enorme castelo, uma senhora idosa observava as noticias na televisão, onde falava sobre os feitos heróicos dos alunos de Oak no arquipélago laranja. Até que surge uma imagem com Yellow, fazendo a velha balouçar em sua cadeira, de repente, um homem de cabelos espigados e uma capa surge por trás da cadeira da velha.

— Tratem disto — ordenou a mulher.

— Com certeza madame — o rapaz vira costas, exibindo o brasão da Sacred Arcanine cravado na capa.

Uma nova ameaça está para chegar, não percam o próximo capítulo. 

3 comments

Write comments
Boo
AUTHOR
20 March 2015 at 16:05 delete

Só posso parabenizar a autora por este grande final, o arco todo foi muito regular, uma historia fantástica foi contada. Bastante dramático o final com a morte da Ivy, foi uma batalha muito dura e teve grandes consequências, pelo menos o sacrifício dela serviu para que a Orange Crew mudasse sua filosofia, e no fim eles ajudaram muito na batalha, fizeram tudo para proteger sua região.
Gary esta totalmente mudado, muito mais rancoroso e rebelde, as mentiras de Oak afetaram muito a confiança que ele tinha no avô, gostei muito deste novo Gary.
Um final épico, com Yellow conseguindo se ligar a Lugia e acalmar as aves, desfazendo o que a team rocket havia feito. Agora sabem que a team rocket é um inimigo que não podem subestimar, e que ainda esta por ai, foi enfraquecido mas não derrotado, e principalmente com a Sacred Arcanine aparecendo no final. Este arco foi incrível, a consolidação da historia que se mostra cada vez melhor.

Reply
avatar
4 April 2015 at 09:28 delete

A Ivy morreu :'( Aquela parte que a Yellow voou,ela se fundiu com a Lugia?

Reply
avatar
4 April 2015 at 12:44 delete

Não foi bem uma fusão, a Lugia passou os poderes para a Yellow.
Obrigada por ler e comentar ^^

Reply
avatar