#54 - The Awakening of Lugia!





O poder da esfera criada por professor Oak e Blaine, deu origem a uma quimera, com os corpos das lendárias aves miragem e um poder devastador que foi capaz de congelar toda Shamouti Island com apenas um golpe.

Observando este monstro estava Yellow, cuja missão era libertar Oak que se encontrava preso no navio, ao subir a bordo da base naval da Team Rocket, ela dá de caras com Blaine, se mostrando chocada por encontra-lo naquele lugar.

— Mestre Blaine...o senhor é da Team Rocket? — Perguntou a garotinha.

— Imagino que seja um choque para si descobrir deste jeito, mas não se preocupe, eu não impedirei você de prosseguir e resgatar o seu mestre.

— A pi pensava que o mestre Blaine era amigo, afinal... — os olhinhos pretos de Yellow mostravam desilusão, isso fez o velho cientista baixar a cabeça, sem coragem de enfrentar a garotinha que segue viajem.

Ela entra no navio e repara que ainda existem Rockets espalhados por lá, lembrando-se do treino que teve com as aves, ela encolhe os braços, fazendo alguma força, seu corpo começa a brilhar e encolhe, fazendo a menina se tornar em um roedor amarelo e gorducho, ela corre pelo navio, tentando evitar que os recrutas a vissem, tentando apanhar o odor de Oak, a pequena corre pelos corredores, acabando por chocar contra um Rocket.

— Mas que...

— É um Pikachu, como é que você entrou a bordo amiguinho? — Outro Rocket que estava com o primeiro se agacha e tenta dar uma festa na cabeça do roedor, que foge assustado.

— Hehe ele teve medo de sua cara de parvo — zombou o outro.

Yellow continuou a correr com suas patas curtas, chegando finalmente á sala do laboratório, ela salta para abrir a porta carregando no grande botão vermelho e sobe para cima da mesa, onde Oak estava sentado, olhando os acontecimentos na ilha.

— Huh? Um Pikachu? Como você chegou aqui amiguinho?

— Pi!!! — O corpo do roedor começa a brilhar e aumentar a forma, voltando á forma humana de Yellow.

— Yellow? Você conseguiu dominar a transformação? Isso é incrível.

— Não há tempo a perder professor, o Ash e os outros precisam de ajuda.

— Eu não posso ir já, tenho de resgatar Daisy.

— Pi? Menina Daisy está aqui?

Sem tempo para Oak responder, uma explosão ouve-se no casco do navio, os recrutas correm para o lugar e vêem um rapaz de cabelos negros desenhando algo em papel, era Tracey da Butterfree Nest.

— Quem é este?

— Um intruso?

— Vamos capturá-lo!

— Solar Flare! — Tracey atira um papel do seu bloco para o ar e ele brinca com muita intensidade, cegando momentaneamente os Rockets. Em seguida ele volta a desenhar e de sua folha saem correntes que amarram os inimigos.

O rapaz continua a correr pelo navio e chega ás masmorras, onde está Daisy sentada em uma cadeira de madeira, amarrada. O garoto abre a cela e tenta libertar a neta de Oak.

— Quem é você? — Perguntou a garota.

— O meu nome é Tracey, você é prisioneira da Team Rocket?

— Eles estão obrigando meu avô a trabalhar para eles, meu nome é Daisy.

— Então eles têm cá outro prisioneiro? Damn, eu vim para este navio para o destruir, mas tenho de vos resgatar primeiro, vamos descobrir seu avô.

Os dois correm para as escadas, enquanto Oak e Yellow também, não sem antes encontrar alguns Rockets.

— O prisioneiro está fugindo! — Gritou, alertando os outros.

— Quem é essa garotinha?

— Meus jovens, eu sou um pobre velho e ela é uma criança, não temos chances contra vocês, não nos façam mal.

— Então se renda vôzinho!

— Mas é claro... — Oak fecha os olhos e sorri, libertando sua energia, ele cria uma pressão intensa que manda os recrutas para o chão, o navio também começa a sentir a força.

— Que energia é esta? — Perguntou Tracey tentando se segurar.

— Só pode ser meu avô, ele está bem, que alivio — suspirou Daisy.

— Heh? Seu avô? — Tracey imaginava um senhor muito velhinho de longas barbas, não alguém com esta energia espiritual — quem é seu avô?

— O professor Oak, ele é meu avô.

Tracey nem conseguia acreditar, mas lá seguiu caminho, se encontrando com Oak e Yellow no meio das escadas, reencontros feitos, os quatro agora se dirigem para cima, tentando fugir da base naval que começa a afundar.

Enquanto isso, a ilha era atingida pelo golpe da quimera, que congelava-a na sua totalidade, os nossos heróis e os membros da Orange Crew conseguiram sobreviver, assim como os comandantes da Team Rocket, Sird olhava com orgulho para a quimera.

— Então este é o poder da besta lendária, delicioso.

— Professora Ivy, você está bem? — Perguntou Katie, se agachando junto da mestra da Butterfree Nest.

— Sim, não se preocupe comigo — respondeu Ivy com um rosto adoentado.

— Pare de fingir, você não está nada bem — disse Danny se aproximando das duas.

— Não se preocupem, em breve ficarão juntos na outra vida, se é que acreditam nisso — Sird exibe suas garras bem afiadas.

— Deixem ela comigo — disse Katie se levantando e encarando a Rocket.

— Hmm, você é a garota que quase me condenou ao gelo eterno, dessa vez irei me certificar que minhas garras perfuram seu coração.

— Não me subestime, eu mudei muito desde o nosso último encontro.

— Verdade, você cresceu imenso — Sird lambeu seus lábios de forma bem creepy.

— Heh? Já lhe disseram que você é muito esquisita?

— Meus oponentes não costumam falar com as suas gargantas arrancadas.

— I see... então eu digo, você é muito esqu... — Sird salta com suas garras apontadas ao pescoço de Katie, a garota é atingida pelo golpe e seu corpo quebra como gelo, a Rocket olha para trás e vê Katie com seus braços abertos — Ice Beam! — Uma esfera azul surge na boca de Katie, dela sai um raio aos zigzag que quase atinge Sird, não fosse os seus reflexos, a fazer afastar.

— Hmm, você aprendeu um golpe novo, surpreendente. Mas não pense que me vai derrotar... Slash! — Sird corre para Katie e com suas garras rasga-lhe o vestido na diagonal, devido a ela se ter desviado para trás — que bela visão, acho que vou arrancar o resto do vestido — a Rocket olhava de forma bem assustadora para o corpo de Katie.

— Eek, por que a mim?

Entretanto, a quimera preparava outro ataque, de novo com as esferas coloridas nos seus bicos, eles formam um triangulo e o lançam sobre o lugar onde Katie e Sird combatiam, as duas saltam para trás, mas o golpe atinge o solo, provocando uma explosão que as projetam, Danny usou um feitiço de proteção para ele e Ivy que estava nos seus braços. O solo ficou queimado.

— Este é o Tri-Attack, um golpe que usa os elementos de gelo, relâmpago e fogo, capaz de congelar, paralisar ou queimar, um golpe com um poder fascinante — Sird se levantava bem contente com a sua visão, a criatura sobrevoava os céus, lançando golpes para todo o lado.

No céu, as nuvens começam a soltar raios eléctricos e flocos que neve que rapidamente congelam o oceano em redor da ilha, mas todo o mundo começava a sentir as mudanças temporais, em Cerulean, as águas ficavam agitadas e impossíveis de se passear pelos canais, Misty olha pela janela e vê que a agua transborda e faz ondulações, toda a Fearow's Beak fica em alerta. Em Saffron Ciry, a Primeape Rampage e todos os habitantes se escondem dentro dos grandes prédios, pois está chovendo lanças de fogo que incendeiam carros e postes na rua. As televisões anunciavam o fim do mundo, e era mesmo isso que parecia, até Yuuto, que estava em uma localização desconhecida, observava fortes relâmpagos caindo do céu.

Entretanto, algo desperta no fundo dos mares, uma criatura que canta com o oceano, ele começa a rodopiar no mar com duas grandes asas, produzindo um redemoinho, indo na direção de Shamouti Island que estava em perigo de desaparecer, Oak, Yellow, Daisy e Tracey caminhavam pelo oceano congelado, quando sentiram uma forte presença vinda das profundezas. Oak manda o grupo se proteger, quando um redemoinho perfura a camada espessa e se revela no céu.

— Pi? Quem é aquele?

— A lendária ave cuja lenda diz que deu á luz as três miragens... Lugia — respondeu Oak.

— Aquele é Lugia? — Tracey estava impressionado com a dimensão daquela ave branca.

— O guardião das águas... como da profecia — comentou Daisy.

— Sim, o deus da lua que guarda os mares — disse Oak.

Lugia dispara um poderoso raio de sua boca contra a quimera formada pelos corpos de seus filhos, atingindo-o, no entanto, ele responde com outro Tri-Attack que falha Lugia mas quase atinge o grupo de Oak, o deus da Lua se coloca na frente do grupo e cria uma barreira de proteção, fazendo Oak perceber que ele estava do seu lado.

— Saiam daqui, é muito perigoso, se abriguem — pediu Lugia com uma voz feminina muito suave.

Os quatro obedeceram e correram, pelo gelo, para uma ilha próxima. Em Shamouti, as batalhas continuavam, Ash salvara Drake de Orm e usava uma investida no gigante, fazendo-o rebolar pela colina e cair no oceano congelado.
— Homenzinho vermelho ser forte, mas Orm ser muito mais.

— Da última vez que nos enfrentamos, eu não estava em mim, mas agora tenho todo o poder do meu lado — o rapaz exerce pressão sobre o seu oponente.

— He he he Orm esmaga! — O gigante corre na direção de Ash e tenta desferir uma Clothesline, mas este usa sua velocidade para se afastar, no entanto o Rocket se vira e o esmurra com violência, o atirando contra as rochas da ilha.

— Damn, eu não consigo pensar em nada para o derrubar, usar estratégias não resulta, pois ele resiste a tudo, mas... é isso — Ash sorri e junta os seus braços — Thunderbolt! — O rapaz produz uma forte energia eléctrica que atinge em cheio Orm, no entanto, não faz muito efeito.

— He he he, isso fazer cócegas em Orm — zombou o gigante coçando o peito.

— Quick Attack! — Ash corre a grande velocidade contra Orm, relembrando do treino com as aves lendárias, Orm levanta sua perna e tenta pisar o garoto, mas sem efeito pois o jovem se move para a esquerda, em seguida o Rocket direciona um murro contra Ash, mas este salta em altura, fazendo Orm socar o gelo — Agora! — Por cima do gigante o rapaz começa a produzir faíscas por todo o corpo e logo todo ele fica coberto de electricidade — Volt Tackle! — A grande velocidade, Ash combinou sua rapidez com a electricidade e acerta em cheio no seu oponente, que com o peso, faz o gelo quebrar e este cai dentro de água.

Em outra parte da ilha, Carr tentava acertar em Gary com seus braços elásticos, mas o neto do professor Oak mantinha uma expressão serena, o que irritava demais o comandante da décima segunda divisão da Team Rocket.

— Já chega, eu vou esmagar você... — Carr usa sua elasticidade para o seu corpo formar uma bola — Rollout! — Em seguida ele começa a rebolar a grande velocidade tentando acertar em Gary que apenas se desviava, mas a velocidade de Carr aumentava e ficava cada vez mais complicado o neto de Oak se desviar e assim acaba sendo atingido com a pressão, o arremessando contra uma rocha — nihihihi eu disse que você não tinha chance — o Rocket volta a se enrolar e acerta Gary que fica ensanduichado contra a rocha.

— Hump... finalmente parou quieto — Gary agarra em Carr na sua forma enrolada.

— Quê?

Gary pontapeia Carr com força para as alturas e depois cospe um Flamethrower contra o Rocket que o deixa nocauteado.

Katie e Sird continuavam o combate, a jovem de Pallet estava cansada e com seus braços e pernas arranhadas, enquanto Sird parecia ainda pronta para combater, no entanto, o combate é interrompido por Lugia que cai atingido por mais um Tri-Attack bem no meio do campo de batalha das duas, no entanto, a deusa da Lua volta a se erguer e sobe aos céus para batalhar a quimera.

— Nem o guardião dos mares consegue parar a minha quimera, Zapmolcuno. Tal como a profecia disse, "apesar do guardião das águas se erguer para apaziguar a luta, a sua canção solitária falhará e a terra ficará em cinzas." está acontecendo.

— Sua quimera?

— Sim, minha quimera,  Zapmolcuno em breve me pertencerá, mas você não verá esse momento chegar... Slash!

Sird avança rapidamente contra Katie que devido ao cansaço tropeça e cai para trás, a Rocket tem agora a chance de acabar com a garota, mas... Katie vê um vulto surgir sobre ela e ser atingido pelas garras.

Tracey subia as rochas e teve um estranho pressentimento.

Katie vê o rosto da pessoa que se sacrificou por ela, assim como Danny que gritou o seu nome.

— Ivy!!!!


Continua...

1 comments :

Write comments
Boo
AUTHOR
19 March 2015 at 15:43 delete

Capítulo muito bom, como sempre, adoro como consegue conduzir vários focos de ação ao mesmo tempo, o resgaste de Oak, a nova habilidade de Yellow, Tracey também aparecendo. A parte da quimera destruindo tudo, foi bom ter mostrado as outras guildas e como o mundo reagia àquilo, ficou claro que era algo que afetou toda a região. O despertar e Lugia diante do ataque das aves, mas nem mesmo o deus foi capaz de vencer a força combinada das três aves.
A continuação das lutas foi algo bom também, Gary parece estar um nível acima dos demais pelo modo como lidou com Carr, Ash tendo imensa dificuldade em lidar com Orm, mas no final parece ter conseguido vencê-lo, e que grande final dramático com Katie vs Sird, a luta estava bem disputada mas a rocket parecia estar em vantagem e no fim para salvar Katie Ivy teve de se sacrificar, capítulo incrível, drama, ação, vários elementos diferentes se unindo num todo coeso.

Reply
avatar