#48 - The Fire Bender!





O navio SS Titânia, tido como inafundável, foi atacado pela organização criminosa, conhecida como Team Rocket, em plena viajem inaugural, os nossos heróis tentaram proteger os passageiros, mas a embarcação não resistiu ao embate, acabando por ir parar ao fundo do oceano, criando fortes correntes que arrastam os nossos heróis para lugares diferentes.

Gary foi ajudado por Blaine e juntos investigaram a ilha do fogo, tudo para descobrir que o salvamento foi um plano orquestrado pela Team Rocket para fazer o neto do professor Oak revelar a localização da Fire Sphere.

Traído por Blaine, Gary é atingido por um potente golpe de fogo e cai inconsciente pela montanha...

Esta é a imagem que passa pela sua cabeça quando acorda sobressaltado, seu tronco está enfaixado com ligaduras na zona do abdómen e tórax, ele olha em seu redor, aquilo que parece um quarto com as paredes de madeira e uma cómoda antiga com algumas velas em cima, o jovem sentia o balançar de sua cama e ouvia o ranger da madeira, percebia assim que não estava em terra, de repente, Gary começa ouvindo passos largos se movimentando na sua direção.

— Vejo que já acordou, fico contente — um homem muito bem parecido entrava no quarto de Gary, ele vestia-se bem com um terno preto, com o casaco apertado sobre a camisa branca e a gravata negra. Este homem é Giovanni, o candidato á presidência de Kanto e aquele que havia dado a missão aos nossos heróis.

— Senhor Giovanni, o que aconteceu? — Perguntou o garoto sentindo dores no abdómen ao se movimentar.

— Não se levante garoto, vai abrir suas feridas — aconselhou o homem que se acendia uma das velas que se havia apagado, com outra — o encontrei em muito mau estado caído nas rochas, é um milagre como sobreviveu.

— Os meus amigos, eu tenho de os avisar sobre o Blaine ser da Team Rocket, eles correm perigo.

— Hmm... Gary, você já se perguntou por que é que foi derrotado?

— Huh? Não estou percebendo.

— O seu combate com a Team Rocket, você já pensou porque foi vencido?

— Porque eles atacaram todos juntos como covardes e o Blaine me traiu.

— Acha que foi apenas isso o motivo da sua derrota? — As palavras de Giovanni não faziam sentido na cabeça de Gary, a calma com que o politico falava parecia que ele sabia de algo.

— Como assim? — Gary estava muito confuso com aquelas perguntas, ele olhava para Giovanni com seus olhos verdes encarando as velas ardendo na sua mão.

— Você é um dobrador de chamas, não é verdade? Tal como o seu pai o era.

— O senhor conheceu o meu pai?

— Ohh se conheci, ele era um grande homem, seu avô não lhe contou, mas seu pai e eu éramos os melhores amigos na infância.

— Não fazia ideia.

— É natural, afinal eu e ele nos deixamos de falar pouco antes de ele casar. Nós partilhávamos muitas coisas, videogames, segredos, brincadeiras, mas principalmente o amor de uma mulher. A mulher com quem ele acabou por casar e se tornou sua mãe — Gary se intrigava, por que é que aquele homem estava falando estas coisas, o que é que isto tinha a ver com a sua derrota, mas não queria dizer nada para não o interromper — quando eles decidiram casar, eu me afastei e nunca mais troquei uma palavra com eles, quando soube o que aconteceu na guerra, senti remorsos por eles terem partido comigo ainda zangado.

— Eu era muito pequeno, mas ainda me recordo dos seus rostos — comentou Gary.

— E deve sempre se lembrar, os seus rostos eram inesquecíveis.

— Mas não estou entendendo, o que é que isso tem a ver com minha derrota?

— Hehehe você é impaciente, tenha calma e me ouça — Giovanni puxou a cadeira de madeira por trás da porta e se sentou nela junto da cama de Gary, juntando as  mãos em forma de triângulo entre os joelhos, ele continuou falando — quando eles partiram eu me senti mal, não me pude despedir, não me pude desculpar pelas minhas atitudes infantis na época que disputávamos o amor de sua mãe e terei de levar este sentimento comigo até ao fim dos meus dias. O seu pai acreditava que com o fogo, poderia iluminar o caminho daqueles que ele amava, que poderia os aquecer e esses foram os valores que seu avô contou para você, não é assim?

— Meu avô me disse que um guerreiro que controla o fogo deve sempre guiar os seus companheiros, agir como um líder e não deixar que eles se percam.

— Palavras sábias do velho Samuel, no entanto, ele não está totalmente certo. O seu pai perdeu a vida tentando proteger aqueles que mais ama, mas se esqueceu de uma coisa, foi o que custou a vida da mulher que ele mais amou. O fogo não tem sentimentos, seja uma pequena vela, ou uma grande montanha, o fogo consome tudo o que encontra pela frente, não mostrando remorsos pelas suas ações, você é como seu pai, alguém que salta para a frente da batalha com tudo aquilo que tem, pensando em como proteger os seus amigos, não que isso não seja importante, mas...

— Mas o sentimento de proteção nos retira o lado selvagem e cruel das chamas — concluiu Gary baixando a cabeça.

— Muito bem, acertou. Você cresceu tal como seu pai, nas sombras do nome do velho Samuel, ele é um sábio, um antigo guerreiro, um mestre com todo o seu respeitável legado e tal como ele, isso consome você por dentro, quer tanto criar um nome para si, quer tanto sair da sombra do seu avô que arrisca tudo, por isso foi tão importante para você encontrar aquela jóia, Blaine jogou com suas emoções, falando que não existia nada naquela ilha, isso o fez querer continuar procurando, tentando encontrar algo e o resultado... bom, olhe para você.

— Como você sabe isso?

— Você me contou com a sua expressão. Me diga, o que é que você está sentindo neste momento?

— Quero encontrar os meus amigos e...

— Não — interrompeu Giovanni — olhe para dentro de si e me diga, o que é que você está sentindo? — Após uns momentos de reflexão, Gary respondeu.

— Ódio, quero ver a Team Rocket e Blaine ardendo, quero superar o meu avô e sair das suas sombras, tendo um nome para mim mesmo.

— Perfeito, era apenas isso que eu precisava de saber — Giovanni se levanta, caminha até á cómoda de madeira, abre uma gaveta e retira uma camisa roxa com as mangas compridas — vista isso, eu o ajudarei a libertar essa raiva e a transformar em força.

— Isso é possível? — Perguntou Gary, recebendo a camisa e olhando para o politico.

— Me aceite como seu mestre e eu o tornarei em um guerreiro do fogo.

— Eu não necessito de outro mestre, apenas me ajude a me tornar mais forte.

— Very well, eu lhe ensinarei a dominar as chamas que ardem com o seu ódio, mas não irei desistir tão facilmente de o tornar meu aluno.

Gary se levanta vagarosamente e veste a camisa, ele segue Giovanni pelo corredor até subir as escadas com acesso á proa de uma pequena embarcação, atracada junto de uma ilha tapando o por do sol.

— Que lugar é este? — Perguntou Gary olhando para a ilha florestal.

— Esta será sua escola nos próximos dias, venha, em terra suas lesões se irão recuperar melhor — os dois descem em um pequeno bote salva vidas com Giovanni remando até terra firme, o político exibia um sorriso confiante no rosto e Gary estava muito focado em seus objectivos.

Vamos voltar um pouco atrás agora, mais precisamente, á altura que as correntes marítimas separaram nossos heróis após o naufrágio do SS Titânia, Katie e Ash eram arrastados pelo mar, até que a garota decide pôr suas mãos na água e criar um tapete de gelo, salvando o seu companheiro.

— Ash, você está bem? — Perguntou a rapariga espremendo a água dos cabelos.
— Eu estou — disse enquanto tossia restos de água — mas temos de encontrar a Yellow e o Gary.

— Está demasiado escuro, não consigo ver nada — comentou a garota, olhando para todos os lugares — vou aumentar esta plataforma e criar um caminho de gelo, talvez os encontremos.

— Sim, vamos.

Katie criou toda uma passadeira de gelo e os dois jovens caminharam toda a noite e nenhum vestígio dos seus amigos.

— Nós nunca os vamos encontrar — Ash cai de joelhos no soalho de gelo, com a cabeça baixa querendo chorar.

— Saia dessa Ash, tenha confiança neles, de certeza que se salvaram — Katie gritou com o seu companheiro, se recusando a acreditar no pior cenário — olhe, uma ilha, talvez eles tenham sido arrastados até ali.

Katie continua construindo o seu caminho de gelo até chegarem em uma ilha onde as rochas tinham o formato de relâmpagos, os dois sobem por uma escada de pedra até ao topo, que dava para outras escadas, desta vez eles as desceram até ao final da montanha, as rochas que rodeavam a ilha serviam como protecção para um vale onde as rochas brilhavam com um azul muito claro.

— Estas rochas... elas estão carregadas com energia eléctrica — comentou Ash caindo de novo sobre os joelhos, parecendo muito fraco — sinto elas querendo absorver toda a minha energia.

— Então temos de sair logo daqui, venha eu ajudo-o — Katie tenta levantar Ash, pondo o seu braço nos seus ombros, mas logo os dois são interrompidos por varias gargalhadas — quem está ai?

Dezenas de homens vestidos de negro surgem rodeando os dois companheiros, eles eram reconhecidos pelo R vermelho que traziam ao peito, Team Rocket, que pareciam estar á espera de Ash e Katie, um homem muito grande com dois braços gigantescos surge por detrás dos Rockets, ele tinha a aparência do monstro de Frankenstein.

— He he he criancinhas virem até á ilha de Orm. Orm contente, agora mostrar a Orm onde estar a jóia.

— Quê? — Katie tentava se afastar, mas Ash estava demasiado fraco para a seguir — rochas cobertas de electricidade, poderá ser esta a ilha de... Zapdos!!!


Perdidos dos seus amigos, Katie e Ash enfrentam agora sozinhos a perigosa Team Rocket em uma ilha que Katie desconfia ser da lendária ave miragem do relâmpago, conseguirão eles triunfar sobre esta ameaça? Ou conseguirá a Team Rocket a jóia do gelo e do relâmpago? Não percam o próximo capítulo.

1 comments :

Write comments
Boo
AUTHOR
8 March 2015 at 10:21 delete

Capítulo incrível, muito bom mesmo. Neste capítulo a evolução de Gary foi gigantesca, ele finalmente entendeu mais sobre seus verdadeiros sentimentos e o que ele quer conquistar como guerreiro. Foi bem interessante as revelações sobre o passado do Giovanni e o fato dele conhecer os pais do Gary, ele consegue entender o jovem melhor do que qualquer um dos seus amigos ou o Oak.
Como se toda aquela historia sobre amizade e sobre como proteger as pessoas tivesse sido colocada na cabeça do Gary pelo Oak, não fosse quem ele realmente é, e apenas agora ele começa a se encontrar suas respostas.
O final foi também muito bom com Katie e Ash juntos e se preparando para enfrentar outro grupo de Rocket. A historia tem estado soberba, em um nível muito bom, parabéns pelo capítulo.

Reply
avatar